Lendo “O conselheiro”

Oii, pessoas lindaxss, tive a ideia de ir lendo e escrevendo aqui as partes que mais gostar dos capítulos desse livro, as partes que quero lembrar depois.

Ele conta “Uma história sobre o verdadeiro significado de que é dando que se recebe” e ensina “As Cinco Leis do Sucesso extraordinário”.

Uma pessoa que admiro muuito me indicou essa leitura e me emprestou o livro <3

O contexto ~pra você entender a história~

Capítulo 1- A ambição

Joe é o personagem que O Conselheiro ajuda ao longo da história, “um profissional dinâmico e agressivo na Clason-Hill Trust Corporation. Ele trabalhava duro, era ágil e batalhava para chegar ao topo. Pelo menos, esse era o seu plano. Joe era um jovem ambicioso que queria alcançar as estrelas.”

Embora Joe se esforçasse e se dedicasse muito, tinha poucos resultados.. Ele não estava conseguindo bater as metas da corporação e foi encarecidamente pedir ajuda a um homem que tinha muita influência, trabalhava para as maiores e melhores empresas e teve uma carreira bem sucedida em muuitos negócios ~Pindar, o conselheiro~

Capítulo 2- O segredo

Joe foi encontrar o Conselheiro

1~ Em geral, quanto mais sucesso as pessoas têm, mais dispostas estão compartilhar seus segredos com os outros.

2~”Acredito que uma pessoa possa alcançar certo nível de sucesso  sem ser particularmente especial. Mas, para chegar ao sucesso de verdade, ao tipo de sucesso de que estamos falando, é preciso ter alguma coisa a mais, algo que seja autêntico.”

3~ O conselheiro: – Muito bem. Vou compartilhar meu Segredo com você agora.

Pindar se inclinou um pouco para a frente e disse uma só palavra suavemente:

Doação.

– Doação?- repetiu Joe.

Pindar assentiu.

-Esse é O segredo do Negócios? O segredo do seu sucesso? Doação?

– Exatamente. A maioria das pessoas simplesmente ri quando ouve que o segredo do sucesso é a doação, mas a maioria das pessoas está muito distante do sucesso que almeja. Veja bem, essas pessoas têm uma mentalidade do tipo que diria à lareira: “Primeiro me dê um pouco de calor, depois eu coloco lenha.” Ou que diria ao banco: “Me dê os juros sobre o meu dinheiro, depois eu faço o depósito” Mas é claro que não funciona assim. – disse Pindar.

4~ Não se pode seguir duas direções ao mesmo tempo. Tentar ter sucesso colocando o dinheiro como meta é como viajar por uma autoestrada a 120 quilômetros por hora com os olhos colados ao retrovisor. 

As pessoas de sucesso mantêm o foco no que estão dando, doando, compartilhando, seja o que for. É isso que cria o sucesso.

5~ Na vida você nem sempre consegue o que quer. Na verdade, você tem o que espera. Ou se preferir: você consegue o que busca, aquilo em que se concentra.

Já deve ter ouvido a expressão “Quem procura acha”. Procure por problemas, e é o que vai encontrar. Isso é verdade, e não só com relação ao problemas, mas a tudo.

Procure por conflito e é o que terá. Procure por pessoas que se aproveitem de você e elas se aproveitarão. Concentre-se na competição e nos conflitos, e é bem possível que seja devorado por um adversário maior e mais poderoso nesse mundo cão. Procure pelo melhor nas pessoas e se surpreenderá com quanto talento, empatia e boa vontade vai descobrir.

6~ Não há dúvida de que o mundo o trata mais ou menos do modo como você espera ser tratado. Você se surpreenderia ao descobrir quanto você tem a ver com o que acontece com a sua vida.

Joe perguntou:

Está dizendo que as pessoas não se aproveitam de você simplesmente porque não espera que elas se aproveitem? Como você não se concentra no egoísmo e na ganância, mesmo estando cercado desses sentimentos negativos, eles não têm impacto sobre você? – Joe teve um lampejo de inspiração – É como ter um sistema imunológico saudável… A doença está à sua volta,  mas você não pega?

7~ Eu chamo essa leis de “Segredo” não porque queira mantê-las em sigilo, mas exatamente pelo contrário. Quero chamar a atenção das pessoas, despertar a curiosidade delas para que as procurem e venham a descobri-las… Assim lhes darão o devido valor. Na verdade, essa é uma palavra de honra.

A própria palavra é sagrada. Segredo. Originalmente, significava uma coisa valiosa… Algo peneirado, pesado e reservado por seu valor especial.

Mas há uma condição para conhecer essas Cinco Leis. Você precisa concordar em testar pessoalmente cada lei que eu lhe ensinar. Não pensando nela, nem falando dela, mas aplicando-a à sua vida.

Eis o que é mais importante: você precisa saber  que está levando isso a sério.

 

 

Ei, vai lá e arrisca

                     às vezes você ganha, às vezes você aprende

Esse texto é sobre os momentos maravilhosos que podemos viver quando arriscamos, quando não deixamos o medo e a insegurança no comando. Quando fazemos algo que queremos muito, mesmo que seja arriscado. (Mas pera lá, sem muito perigo hauashuah)  

Porque coragem é isso né, ir com medo mesmo, se manter aberto a possibilidades e se permitir errar. 

Apesar de ter lá seus defeitos e ser muito paranoico, quando falamos de medo, estamos falando de um carinha essencial na nossa vida. Ele só quer manter a gente fora de perigo, vivinhos, inteiros e sem muitos danos emocionais(se é que você me entende).

Mesmo sendo muito gostosinho e seguro estar na nossa zona de conforto, as melhores experiências, momentos e aprendizados acontecem quando saímos da caverna e enfrentamos os nossos monstros.

O que eu estou tentando dizer é que o medo tem boas intenções, mas ele não tem senso de limite, nós é que temos que chegar e colocar ele no lugar dele.

Tipo assim, diz pra ele que você sabe que ele não quer que você morra nem fique traumatizado e que, claro, você concorda completamente com ele. Mas vai arriscar e enfrentar isso, mesmo com os ataques de pelanca dele.

Porque não existe a possibilidade de viver sem medo, você precisa dele, ele faz parte de você e vai ter que ir contigo.

Porque as coisas interessantes, emocionantes e especiais, que vão ser lembradas com muito carinho não acontecem na nossa zona de conforto.

E se for pra errar, quebrar a cara, se magoar que seja sendo corajoso, que seja tentando. Não é mesmo?

Então, por favor, de coração, não fique aí sofrendo por antecedência. Já começa a dar certo quando nós pensamos positivo.

 Vai lá e arrisca. Vai lá e tenta. Faz sua parte.

Se der tudo errado, alguma coisa você vai aprender e vai ter a consciência tranquila de ter feito o que podia e queria. Pelo menos foi corajosa(o) e no futuro vai ter ter boas histórias pra contar e coisas patéticas pra rir.

Mas se der certo, se for especial, se for incrível você vai se agradecer muito por ter ido lá e feito, muito mesmo, ô se vai.

Porque coragem é se permitir errar.

Coragem é arriscar.

 

Grande beijo, 

da pessoa que mais sofre por antecedência nesse mundo.

 

Resenha: The kiss of deception (Volume 1)

Como descrever essa história encantadora e sua protagonista?

Lia, Princesa Arabella Celestine Idris Jezelia, do reino de Morrighan, é cheia de coragem, ousadia, generosidade, gentileza, valentia e força. Que luta pelos seus sonhos, pelos que ama e pelo que vê como o certo a ser feito, não baixa a cabeça para homens de “poder” sem escrúpulos, não aceita ser moldada pela vontade dos outros e abdicar da sua própria. Mais que tudo, anseia por ser livre pra escrever sua própria história. Tanto que fugiu no dia de seu casamento arranjado.”Eu só tinha dezessete anos. Não tinha o direito de nutrir meus próprios sonhos para o futuro?”.

Afinal, qual o problema em desejar um amor verdadeiro?

Bom, quando esse casamento representa uma aliança crucial entre dois reinos, Morrighan e Dalbreak, para unirem suas forças contra Venda, que é um reino cheio de bárbaros assassinos que não parava de crescer e queria guerra, passou a ser um problemão.

O príncipe de Dalbreak(que ela ia casar), querendo conhecer essa menina que teve a coragem de fazer o que ele não tivera, e o enviado por Venda(o assassino) para mata-la e impedir que tivesse alguma possibilidade da aliança ser consumada, saíram em busca dessa princesa que não tinha medo nenhum de seguir seus sonhos, que metia o nariz entre dois reinos e fazia o que queria.

E juro que não estou dando spoiler, relaxa hahahah

O que eu posso dizer a partir daqui? Bom, a narrativa se passa pelo ângulo de Lia na maior parte do tempo, mas um pouco pela visão do assassino e do príncipe também. A gente só descobre quem é quem quando Lia descobre e isso torna tudo muito instigante e desafiador. Posso dizer que me senti uma detetive hahahah

No inicio eu fiquei meio confusa com os dois, porque não conseguia saber quem era o loiro e quem era o moreno, aí fui anotando as características de cada um e deu tudo certo no final.

Amei muito esse livro, sou meio suspeita pra falar, porque esse romance faz total o meu tipo. Cheio de ousadia, aventura, amorzinho, mistério e fantasia. Já estou louca para comprar o resto da trilogia e saber o que acontece.


Se quiser ler a sinopse:

 Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro?
Quando se vê refugiada em um pequeno vilarejo distante o lugar perfeito para recomeçar ela procura ser uma pessoa comum, se estabelecendo como garçonete, e escondendo sua vida de realeza. O que Lia não sabe, ao conhecer dois misteriosos rapazes recém-chegados ao vilarejo, é que um deles é o príncipe que fora abandonado e está desesperadamente à sua procura, e o outro, um assassino frio e sedutor enviado para dar um fim à sua breve vida. Lia se encontrará perante traições e segredos que vão desvendar um novo mundo ao seu redor.
O romance de Mary E. Pearson evoca culturas do nosso mundo e as transpõe para a história de forma magnífica. Através de uma escrita apaixonante e uma convincente narrativa, o primeiro volume das Crônicas de Amor e Ódio é capaz de mudar a nossa concepção entre o bem e o mal e nos fazer repensar todos os estereótipos aos quais estamos condicionados. É um livro sobre a importância da autodescoberta, do amor, e como ele pode nos enganar. Às vezes, nossas mais belas lembranças são histórias distorcidas pelo tempo.


Um trecho que gostei muito:

“Talvez não houvesse nenhuma forma de definir o sentimento. Talvez houvesse tantos tons de amor quanto existem tons de azul no céu”


Se você for embarcar nessa leitura, espero que sua viagem seja tão instigante e apaixonante quanto a minha foi.

Ah, espero também que tenha gostado da resenha, fiz com carinho.

Comprei o livro de capa dura aqui (na Amazon) , por 34,90. Veio com um poster e um marca página.

Um grande beijo o/,

Ju.

 

 

CALÇADOS COM FLATFORM: COMO USAR E ONDE COMPRAR


Ousados e diferentões – 
os calçados com “Flatform” (plataforma reta) – queridinhos das fashionistas, acabam dividindo bastante as opiniões. São bem diferentes do que estamos acostumadas, mas vai, eles têm lá seu charme e suas qualidades.

Conseguem unir conforto e estilo, e ainda te dão uns centímetros a mais. Não tem como negar que merecem uma chance né?

Sandálias, tênis, slip on e até oxfords tem suas versões flatforms e são uns arrasoss.

 

Mas e aí, como usar?

Vamos aos looks pra você se inspirar

    1. FLATFORMS COM CALÇA

Flatforms com calça

O truque é deixar os tornozelos aparecendo, usando calças mais curtas ou dobrando as barras.

2. FLATFORMS COM SAIA

saia

3.FLATFORMS COM VESTIDO

vestido

4.FLATFORMS COM SHORT

Flatforms com short

5.FLATFORM COM MACAQUINHO

design-sem-nome

Mas e aí, onde comprar?

Eu sempre me apaixono pelas maravilhosas que só vendendo o fígado para comprar mais caras e fico sempre bem decepcionada por não poder comprar, mas para a nossa alegria sempre tem aquelas parecidas com preços mais acessíveis e foram elas que procurei para por aqui.

1. TÊNIS E OXFORDS COM FLATFORM

onde-comprar-tenis-c0m-flatform-2

          1.Lojas Renner   179,90               5.Melissa   170,00

          2. Zattini     149,90                       6. Zattini   159,90

                3. MistStore    189,90                  7. MistStore    159,90

                  4.Via Mia    199,00                       8.MistStore  159,90

2. SANDÁLIAS COM FLATFORM

image

          1.Melissa 150,00           5. Taquilla 229,90

          2.  MistStore  129,90     6. Marisa 100,00

               3.  Melissa  170,00          7.MistStore 139,90

         4. Zattini   199,90          8.Marisa 99,90

 

Achei outros modelos bonitos e com preço bom nesse site aqui.

Além dos tênis e sandálias, os modelos de slip on e apagartas com flatforms são apaixonantes também, vale a pena conferir.

Espero que tenham gostado do post.